DATAS: 19 e 23 de setembro de 2022

LOCAL: Brasília - DF

 

HISTÓRICO DO EVENTO - ENAU

A Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRHidro) tem atuado nas áreas afeitas a águas urbanas por meio de diferentes iniciativas:

  • Publicações de livros técnicos;
  • Inserção do tema em seus eventos de abrangência nacional e regional;
  • Publicação de manifestos que buscam valorizar a questão, desenvolver conceitos, elaborar proposições de ação. (www.abrhidro.org.br).

A ABRHidro mantém a Comissão Técnica de Águas Urbanas (CT-AU) há mais de 25 anos. A CT-AU é encarregada de desenvolver e coordenar, na entidade, as atividades no âmbito das águas urbanas. Inicialmente criada no domínio de Hidrologia Urbana, avançou na conceituação mais ampla das questões e problemas afeitos às águas em meio urbano traduzindo-os em sua própria denominação “águas urbanas”.

Uma das principais atividades da CT-AU tem sido a organização e promoção do Encontro Nacional de Águas Urbanas, com periodicidade bianual, encontrando-se, atualmente, na sua décima quarta edição. Esses eventos, em cada edição organizados em cidades distintas, têm se destacado pelo número de participantes, pela publicação de anais de trabalhos apresentados e pela edição de livros.

Sobre os eventos realizados:

  • III ENAU (1996): organizado em Curitiba, resultou no livro intitulado ”Drenagem Urbana: gerenciamento, simulação e controle”, tendo por editores os professores Benedito Braga, Carlos Tucci e Marcos Tozzi (ABRH, 1998).
  • IV ENAU (1999): organizado simultaneamente ao XIII Simpósio Brasileiro da ABRH, em Belo Horizonte, em 1999, tendo contado com a participação de pesquisadores e técnicos brasileiros e acadêmicos estrangeiros de reputação internacional na área, como os Prof. Brian Ellis (Middelsex University – UK) e Bernard Chocat (INSA – Lyon, França).
  • V ENAU (2001): organizado em Porto Alegre, em 2001, teve abrangência internacional, com participação de pesquisadores e técnicos do Mercosul, tendo recebido 55 artigos e contado com 173 participantes.
  • VI ENAU (2005) foi realizado em Belo Horizonte no período de 18 a 20 de maio. Foram submetidos 83 trabalhos, com aprovação para apresentação de 74, com representação de 17 estados da federação, demonstrando a sua grande abrangência e importância no cenário nacional. Dentre os cerca de 150 participantes, destaca-se a importante presença de estudantes de pós-graduação e de técnicos associados às instituições públicas responsáveis pela gestão das águas urbanas.
  • VIII ENAU (2008): O oitavo evento foi realizado simultaneamente com o VI Encontro Franco-Brasileiro em Hidrologia Urbana, no ano de 2008, na cidade do Rio de Janeiro. O evento contou com a participação de Jean Claude Deutsch do Eurydice, Bernard de Gouvello, Cécile Blatrix e de José Frederic Deroubaix, ambos do CEREVE da École Nationale des Ponts et Chaussées, França.
  • 12 ICUD (2011): a Comissão Técnica de Águas Urbanas organizou em Porto Alegre o 12 ICUD (International Conference on Urban Drainage), o evento contou com 384 participantes inscritos de 34 países, totalizando mais de 350 trabalhos publicados nos anais do evento.
  • IX ENAU (2012): em Belo Horizonte, na Escola de Engenharia da UFMG, contando com 153 participantes, incluindo pesquisadores, estudantes de graduação e pós graduação e gestores municipais, de diversas instituições de quinze estados da federação, além de três participantes franceses. Foram 104 trabalhos submetidos, 83 aprovados e 67 apresentados (sessão oral). Houveram 12 palestras, 3 mesas redondas com 7 palestras, um mini-curso e uma visita técnica. Em termos de atividades sociais, houve um coquetel de abertura e em jantar de encerramento. A coordenação geral foi responsabilidade da Universidade Federal de Minas Gerais, a cargo do prof. Márcio Baptista e da prof. Priscilla Moura.
  • X ENAU (2014): organizado em São Paulo em conjunto com a International Conference on Flood Management (ICFM6). A coordenação da organização do evento foi da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do IPH e ficou a cargo do prof. Cristiano Poleto. O evento contou com mais de 100 participantes, com 140 apresentações orais em sessões técnicas com apresentações de posters, 6 palestras, além de atividades de confraternização. Os melhores artigos foram selecionados e um livro intitulado “Águas Urbanas” foi editado.
  • XI ENAU(2017): acabou não ocorrendo em ano par, sendo realizado em 2017 nos dia 5, 6 e 7 de julho na cidade de Belo Horizonte/MG, onde foram apresentados 87 trabalhos na sessão técnica oral e posteriormente na de pôsteres.
  • XII ENAU (2018):  ocorreu em conjunto com XIV SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE entre os dias 20 a 24 de novembro de 2018 na cidade de Maceió/AL, onde foram apresentados 50 trabalhos nas sessões orais e 77 trabalhos nas sessões de pôsteres.
  • XIII ENAU (2020): o evento iria ocorrer e Porto Alegre, porém com a crise sanitária da pandemia provocada pelo COVID 19, o evento ocorreu de modo virtual. Participaram do evento cerca de 196 pessoas, dos quais 120 era estudantes. Houve a realização do coffee break virtual a fim de possibilitar maior interação entre os presentes. Houveram 2 mesa-redondas com três palestras cada, com renomados pesquisadores relacionados com águas urbanas. Foram apresentados 63 trabalhos.

 

HISTÓRICO DO EVENTO - SRRU

  • I SRRU (2015): O evento foi palco de apresentações e debates relacionados à revitalização de rios em áreas urbanas, reunindo especialistas da área de todo o país, a fim de ampliar o debate sobre os principais desafios envolvidos no processo de revitalização. O evento articulou-se com o projeto em andamento na época "Revitalização da Bacia do Jaguaré" financiado pela FEHIDRO e coordenado pela Associação Águas Claras do Rio Pinheiros. Através da oficina de projeto que trabalhou com a bacia do Jaguaré, contribui-se para o desenvolvimento das metodologias de revitalização a serem aplicadas na bacia. O evento recebeu 132 participantes de diversas localidades (São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais, EUA, Alemanha, Equador e Peru).
  • II SRRU (2017): O evento na sua segunda edição teve como slogan a frase "Rio bom, rio limpo!", recebendo palestras técnicas que se agruparam em 3 mesas redondas, cujos temas foram: 1) Ordenamento territorial e planejamento urbano; 2) Controle de cargas poluentes, controle hidrológico e técnicas de recuperação ambiental; e 3) Exemplos de projetos. Foi escolhida como área de trabalho da oficina do evento a bacia do córrego Jacarezinho, afluente do córrego Jaguaré, sendo realizada uma visita à área de estudo para contextualizar os participantes dos problemas existentes na bacia e nortear as soluções propostas. O evento contou com um público de 178 participantes e atingiu seu propósito de difusão do conhecimento sobre a temática revitalização de rios urbanos, recebendo participantes de diversas localidades (São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais, França, Alemanha, Equador e Peru). 
  • III SRRU (2020): pela primeira vez o evento foi realizado de maneira vitual juntamente com o ENAU. O evento teve a palestra magna com a professora . Também foi realizada uma oficina sobre o Rio Guaíba. Além disso, o evento contou com a participação de 13 trabalhos apresentados. Houve uma mesa redonda com participação de pesquisadores do Equador, Chile e Brasil sobre Projeto e Execução de Revitalização de Rios Urbanos. Foi possivel a realização da Oficina de modo virtual, onde o foi estudado a Bacia do Rio Arroio Diluvio.