Publicações
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 18 - Nº. 2 - ABR/JUN - 2013
ARTIGO
Características gerais da composição química de mananciais da planície do Araguaia
Resumo:
O presente estudo procurou verificar as características gerais da composição química das águas dos mananciais da planície do Araguaia, tratando-se do balanço iônico e da classificação dos corpos hídricos em estudo, em categorias gerais. O estudo foi realizado na Planície do Araguaia (Tocantins). Em cada um dos mananciais em estudo foi locado um ponto de coleta, onde foram retiradas amostras para análise das concentrações de íons maiores (Ca2+, Mg2+, Na+, K+, Cl-, SO42-, HCO3-), carbono orgânico dissolvido (COD) e carbono inorgânico dissolvido (CID). A interpretação dos dados obtidos permitiu verificar que as concentrações da maioria dos elementos analisados resentaram valores estatisticamente similares entre os rios Javaés e Araguaia durante o período chuvoso. Entretanto, durante o período seco, quando não se verifica a influência de processos de lixiviação, as concentrações foram estatisticamente diferentes. Esse comportamento indica que as modalidades de uso e ocupação desenvolvidas na área de influência do rio Javaés atualmente não proporcionam alterações na região estudada. Verificou-se também que a biogeoquímica das águas do lago Chave é significativamente influenciada por sua conexão sazonal com o rio Javaés, permite concluir que a ocorrência de alterações nas águas desse rio poderá ocasionar distúrbios aos ambientes lênticos da região. 
Palavras-chave: planície do Araguaia; biogeoquímica; balanço iônico. INTRODUÇAO Sabe-se que a retirada da cobertura vegetal e a falta de manejo adequado nas práticas agropecuárias podem resultar na ruptura do equilíbrio dinâmico dos ciclos biogeoquímicos e, conseqüenteme 

 

 

96 visualizações   28 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014