Publicações
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 11 - Nº. 3 - JUN/SET - 2006
ARTIGO
Aplicação e Modelagem da Recarga Artificial com Águas Pluviais para Recuperação Potenciométrica de Aqüífero Costeiro na Planície do Recife-PE
Resumo:
A recarga artificial de aqüíferos pode ser empregada no aumento de disponibilidade e armazenamento de água, controle de salinização em aqüíferos costeiros e controle de subsidência de solos. O sistema aqüífero da Planície do Recife (PE) é composto por dois aqüíferos profundos, Cabo e Beberibe, de características confinadas, recobertos por um aqüífero freático, o Boa Viagem. O problema do rebaixamento excessivo nos níveis do aqüífero Cabo pela super-explotação é agravado pelo elevado grau de urbanização que diminui sobremaneira a oportunidade de recarga natural do sistema. Desta forma, destaca-se a relevância de se avaliar o potencial da recarga artificial utilizando água de chuva como alternativa para recuperação dos níveis potenciométricos do aqüífero Cabo. Neste contexto, apresenta-se neste trabalho a condução de experimento de recarga artificial que utiliza águas de chuva, juntamente com a análise de ensaios preliminares de campo. Os ensaios foram realizados na área de maior redução dos níveis potenciométricos do aqüífero Cabo, a fim de verificar a resposta em campo à recarga artificial. Com a finalidade de se analisar diferentes cenários de recarga artificial, foi efetuada análise numérica, utilizandose modelo em elementos finitos, CODE- BRIGHT. Os resultados indicam que a recarga artificial através de poços de injeção na área em estudo é viável, devendo ser realizados estudos de adicionais de longo prazo de modo a avaliar a variação dos níveis em resposta a recarga. 
Palavras-chave: Recarga artificial, aqüífero costeiro, fluxo de água subterrânea, modelagem numérica, elementos finitos. 

 

 

160 visualizações   69 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014