Publicações
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 19 - Nº. 3 - JUL/SET - 2014
ARTIGO
Alternativas de Gerenciamento da Demanda de Água na Escala de uma Cidade
Resumo:
Para fazer frente às pressões exercidas pelas áreas urbanas sobre os recursos hídricos disponíveis, há crescente ênfase à gestão da demanda urbana de água, principalmente em regiões áridas e semiáridas. No Estado da Paraíba, o caso da cidade de Campina Grande merece destaque, especialmente pela passada crise no seu sistema de abastecimento (1997-2003) e a atual perspectiva de uma nova crise (2012-2014). Considerando que a maior demanda de água da cidade é o abastecimento doméstico, este artigo apresenta cenários de simulação, referentes à adoção de medidas tecnológicas de gestão da demanda urbana de água, objetivando fornecer subsídios para a elaboração de um possível programa de uso racional da água para os consumidores residenciais de Campina Grande - PB. A análise dos resultados indica a viabilidade ambiental da adoção dessas medidas (redução do consumo de água de até 33,64%). Quanto ao aspecto da viabilidade econômica, alguns cenários são muito atrativos, mas há aqueles apresentando um maior período de retorno dos investimentos. Para os cenários menos atrativos economicamente, enfatiza-se o papel do Poder Público no sentido de oferecer incentivos financeiros à população, induzindo-a ao uso racional da água e evitando novas crises no abastecimento de água da cidade. 
Palavras-chave: Aparelhos hidrossanitários poupadores, medição individualizada em edifícios, uso racional da água. INTRODUÇÃO A demanda urbana de água vem crescendo rapidamente, na medida do aumento populacional e da alta taxa de urbanização verificada em todo o mundo; p 

 

 

394 visualizações   303 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014