Publicações
Clique para ampliar...
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 6 - Nº. 1 - JAN/JUN - 2009
ARTIGO
Avaliação do processo de gestão de seca: estudo de caso no Rio Grande do Sul
Resumo:
Seca é um fenômeno que vem se tornando cada vez mais freqüente em todo o mundo. No Brasil este problema que era associado apenas à região Nordeste, vem ocorrendo com uma certa freqüência no Sul. O Estado do Rio Grande do Sul vem enfrentando secas severas nos últimos anos, em 2005 cerca de 450 municípios decretaram situação de emergência, houve a maior quebra de safra da história do estado. O Brasil apesar de apresentar uma construção integrada da gestão dos Recursos Hídricos através da Lei 9.433, dispõe de uma política falha na gestão de secas, que vem resultando em impactos cada vez maiores. Baseado em experiências de secas severas semelhantes as do Brasil, vários países têm investido no desenvolvimento de pesquisas e metodologias mais seguras para o planejamento, prevenção e combate à seca. Este trabalho apresenta uma avaliação para gestão das secas, baseada na adoção do índice de seca padrão de precipitação em nove municípios gaúchos, posteriormente foi feita uma comparação deste índice com os dados de decretação de situação de emergência fornecidos pela Defesa Civil-RS. Observou-se que na maioria dos municípios analisados, o índice de seca não coincidia com a declaração situação de emergência emitida pela Defesa Civil.  
Palavras-chave: seca; gestão de seca; índices de seca. 

 

 

109 visualizações   44 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014