Publicações
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 20 - JAN/DEZ - 2023
ARTIGO
Delimitação de manchas de inundação na Bacia do Córrego do Ipiranga, São Paulo - SP, Brasil, com modelagem hidrológico-hidráulica
Resumo:
Delimitar regiões sujeitas a inundações relacionando quantitativamente a profundidade de submersão ao tempo de recorrência da chuva é essencial para subsidiar as decisões do poder público a fim de mitigar danos à população. Este trabalho tem como objetivo a delimitação de manchas inundação para a bacia hidrográfica do Córrego Ipiranga, São Paulo - SP, com 23,1 km2 de área de drenagem, que sofre recorrentemente com inundações e verificar o número de imóveis atingidos. Para isso, foi realizada a modelagem hidrológica para eventos de chuva com Tempo de Retorno (TR) de 10, 25 e 100 anos. As simulações foram realizadas, inicialmente, com parâmetros hidrológicos e hidráulicos estimados com base na bibliografia de referência e, posteriormente, calibrados com base em 11 eventos chuva-vazão monitorados na bacia. As vazões calibradas foram utilizadas para gerar as manchas de inundação correspondentes aos TRs estudados e apresentaram, em média, picos de vazão 10% superiores aos valores obtidos antes da calibração. As manchas de inundação apresentaram área de 1,79 km2 para TR 10, 1,98 km2 para TR 25 e 2,21 km2 para TR 100 e, atingiram, respectivamente, cerca de 3.019, 3.423 e 3.854 edificações. Ao analisar somente as residências atingidas, nota-se que mais da metade são imóveis de padrão construtivo baixo e popular, fato que intensifica o impacto negativo das inundações para essa parcela da população. As manchas simuladas convergem em sua maioria com ocorrências de inundações mapeadas na bacia por outros autores, nos distritos do Ipiranga, Cambuci, Vila Mariana, Cursino e Saúde, indicando que os resultados obtidos estão coerentes com os observados e podem contribuir no planejamento de prevenção às enchentes na região. Assim, visto a diferença das vazões de pico antes e após a calibração, atenta-se para a necessidade dos dados observados para execução dessa etapa e, dado o número de imóveis atingidos, ressalta-se a importância de investir em medidas de prevenção de inundações baseadas em estudos de custo-benefício das intervenções. 
Palavras-chave: Inundações Urbanas; Modelagem Hidrológica; Modelagem Hidráulica; Mancha de Inundação; Córrego Ipiranga; HEC-HMS; HEC-RAS. 

 

 

Delimitation of flood spots in the Ipiranga-s Stream Watershed, São Paulo - SP, Brazil, with hydrological-hydraulic modeling
Abstract:
The delineation of flood-prone areas by a quantitative relationship between the depth of inundation and the time of return of rain is essential to support the decisions of public authorities and to limit the damages to the population. The objective of this study is to delineate floodplains for the catchment area of the Ipiranga-s Stream, São Paulo - SP, with 23.1 km2 of catchment area that is repeatedly affected by flooding, and to verify the number of properties affected. For this purpose, hydrological modeling was performed for rainfall events with return periods (RP) of 10, 25 and 100 years. Simulations were first performed using hydrologic and hydraulic parameters estimated from the reference bibliography and later calibrated based on 11 rainfall-runoff events observed in the watershed. The calibrated discharges were used to generate floodplains that corresponded to the RPs studied and had, on average, 10% higher peak discharges than the pre-calibration values. The floodplains had an area of 1.79 km2 for TR 10, 1.98 km2 for RP 25, and 2.21 km2 for RP 100, and reached approximately 3,019, 3,423, and 3,854 buildings, respectively. Looking only at the affected houses, we find that more than half of them are low-income buildings, which increases the negative impact of the flood on this part of the population. The simulated areas are mostly consistent with the flood events mapped by other authors in the districts of Ipiranga, Cambuci, Vila Mariana, Cursino and Saúde, suggesting that the results obtained are consistent with those observed and can contribute to flood control planning. Thus, given the difference between the peak flows before and after the calibration, the need for observational data to carry out this phase is pointed out and, given the number of affected properties, the importance of investing in flood control measures is highlighted. based on cost-benefit studies of the interventions. 
Keywords: Urban Flooding; Hydrological Modeling; Hydraulic Modeling; Flood Spot; Ipiranga?s Stream Watershed; HEC-HMS; HEC-RAS. 

 

 

88 visualizações   31 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos