Publicações
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 19 - JAN/DEZ - 2022
ARTIGO
Comportamento alimentar de Brycon hilarii (Valenciennes, 1850) (Characiformes, Bryconidae) no Pantanal Norte, Brasil: uma relação de oferta e vulnerabilidade
Resumo:
O Pantanal é uma das maiores planícies alagáveis contínuas do mundo. Essa área úmida, devido sua rica biodiversidade e recursos naturais (abundância hídrica), gera fonte de renda para populações locais e pescadores. Porém, diversas modificações podem prejudicar esse tipo de ambiente. Nas águas, o uso das cevas (grãos fermentados de soja e/ou milho) podem desequilibrar a qualidade da dieta dos peixes, tornando-os dependentes e menos habilidosos para capturar seu próprio alimento. O objetivo deste trabalho foi analisar a diversidade alimentar de Brycon hilarii em diferentes habitats, focando no efeito da ceva na dieta da espécie. As coletas foram realizadas em três trechos que fazem parte da região hidrográfica do rio Paraguai: rio Paraguai/Porto Estrela, rio Sepotuba e Estação Ecológica de Taiamã (EET). Foram coletados 205 exemplares, capturados por varas, anzol e linha de diferentes medidas e iscas (farinha de mandioca). A dieta de B. hilarii é baseada em milho e soja nos trechos de rio Paraguai/Porto Estrela e rio Sepotuba., enquanto na EET, a dieta consiste em insetos, material dissolvido e restos vegetais. Observa-se que B. hilarii é oportunista, fato indicado pela atratividade por alimentos em abundância no ambiente, como a ceva. A ampla utilização de ceva pode ocasionar a redução do número de indivíduos, principalmente devido a condensação de cardumes e a facilidade de captura. Ainda, nossos resultados consideram que medidas protetivas da espécie, como o não uso da ceva e áreas prioritárias para a conservação, são aspectos fundamentais para a manutenção da espécie no Pantanal. 
Palavras-chave: Ceva; Peraputanga; Pesca; Alimentação; Áreas alagáveis. 

 

 

Feeding behavior of Brycon hilarii (Valenciennes, 1850) (Characiformes, Bryconidae) in the North Pantanal, Brazil: a relationship of supply and vulnerability
Abstract:
The Pantanal is one of the largest continuous wetlands in the world. This wetland, because its rich biodiversity and natural resources (water abundance), generates a source of income for local populations and fishermen. However, several modifications can harm this type of environment. The use of ceva (fermented grains of soya and/or maize) can unbalance the quality of the fish's diet, making them dependent and less skilled in capturing their own food. The objective of this work is to analyze the diversity of foods in the B. hilarii diet in different habitats, focusing on the effect of ceva on the species' diet. The samples were carried out in three sections that are part of the Hydrographic Region of the Paraguay River, Paraguay river/Porto Estrela, Sepotuba River and Taiamã Ecological Station (EET). 205 specimens were collected, captured by rods, hook, line of different measures and baits (cassava flour). The results show that the B. hilarii diet is based on corn and soybeans, in the stretches of the Paraguay river/Porto Estrela and the Sepotuba rivers, while in the EET, the diet consists of insects, dissolved material and parts of plants. It is observed that B. hilarii is an opportunistic specialist, a fact indicated by the easy attractiveness of the abundant food in the environment by the species, such as the use of ceva. The widespread use of ceva can cause a reduction in the number of individuals, mainly due to the condensation of individuals and the ease of capture. Furthermore, our results consider that protective measures of the species, such as the non-use of ceva, and priority areas for conservation, are fundamental aspects for the maintenance of the species in the wetland. 
Keywords: Ceva; Brycon hilarii; Fishing; Food; Flooded area. 

 

 

101 visualizações   36 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014

 

ABRHidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos