Publicações
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 17 - JAN/DEZ - 2020
ARTIGO
Respostas da qualidade da água e fitoplânctons à redução de vazão e recepção de cargas de sedimentos no reservatório de Xingó/AL
Resumo:
No semiárido do nordeste brasileiro, o reservatório de Xingó é o último de um conjunto de reservatórios em cascata da bacia hidrográfica do rio São Francisco. Na perspectiva do fluxo das águas do rio, a acentuada redução das chuvas no ano de 2012 promoveu o programa de redução de vazão média a partir do ano de 2013, contextualizada pela seca mais severa dos últimos cem anos. Em 2015 foi dada uma descarga de fundo no reservatório de Delmiro Gouveia para o reservatório de Xingó, surgindo a preocupação sobre os efeitos dessas ações na qualidade da água desse reservatório. Dada a complexidade das variações da qualidade da água dos ecossistemas aquáticos, torna-se necessário ampliar o panorama das respostas físicas e químicas das águas de reservatórios inseridos em sistemas de cascatas. O presente artigo tem objetivo de avaliar os efeitos da redução de vazão do rio São Francisco (2013, 2014 e 2015) e da descarga de fundo (fev/2015) na qualidade da água e fitoplânctons do reservatório de Xingó no período de 2013 a 2016. Para tanto, foram levantados dados secundários hidrológicos e de qualidade da água disponibilizados pela ANA e CHESF. Três pontos de monitoramento da qualidade da água foram definidos, representando a parte anterior, intermediária e posterior. Os resultados mostraram que a redução de vazão aliada a descarga de sedimentos de montante levaram a alteração da concentração de nutrientes com consequente codominância de Ceratium furcoides e Cylindrospemopsis raciborskii. 
Palavras-chave: Redução de Vazão; Descarga de Sedimento; Qualidade da Água; Reservatório de Xingó 

 

 

Water quality and phytoplankton responses to flow reduction and sediment load reception in the Xingó/AL reservoir
Abstract:
In the semi-arid region of northeastern Brazil, the Xingó reservoir is the last of a series of cascading
reservoirs in the São Francisco river basin. From the perspective of river flow, the sharp reduction of rainfall in 2012 promoted the program of average flow reduction from 2013, contextualized by the most severe drought over the last hundred years. In 2015 a bottom discharge was given to the Delmiro Gouveia reservoir for the Xingó reservoir, raising concern about the effects of these actions on the water quality of this reservoir. Given the complexity of water quality variations in aquatic ecosystems, it is necessary to expand the panorama of physical and chemical responses of reservoir waters inserted in cascade systems. This article aims to evaluate the effects of the reduction in the flow of the São Francisco River (2013, 2014 and 2015) and the bottom discharge (Feb / 2015) on the water quality and phytoplankton of the Xingó reservoir in the period from 2013 to 2016 . For this purpose, secondary hydrological and water quality data were made available by ANA and CHESF. Three water quality monitoring points were defined, representing the front, middle and back. The results showed that the reduction of flow combined with the discharge of sediments upstream led to a change in the concentration of nutrients with consequent codominance of Ceratium furcoides and Cylindrospemopsis raciborskii. 
Keywords: Flow Reduction; Sediment Flushing; Water Quality; Xingó Reservoir 

 

 

83 visualizações   33 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014