Publicações
REGA - Revista de Gestão de Água da América Latina - ISSN 2359-1919
VOLUME. 17 - JAN/DEZ - 2020
ARTIGO
Financiamento via bancos e instituições de crédito voltado ao setor de água e esgoto: o caso de Santa Catarina
Resumo:
O estado de Santa Catarina (SC), assim como o Brasil, conta com elevada parcela da população atendida com água tratada. O crescimento populacional dos próximos anos, contudo, deve aumentar a demanda por recursos hídricos, elevando a preocupação com a quantidade e qualidade disponível de água, visto os baixos índices de coleta e tratamento de esgoto e a grande perda de água no sistema de distribuição. Em SC, a situação precária do esgotamento sanitário agrava-se com a dificuldade de realização de obras nos pequenos municípios. Com a necessidade de grandes investimentos de longo prazo e recursos orçamentários limitados, reforça-se a busca por financiamento junto a bancos e instituições de crédito nacionais e internacionais. O presente trabalho busca investigar o financiamento interno e externo do setor a partir da Lei Nacional do Saneamento Básico de 2007. Constata-se que, apesar de recursos obtidos junto ao BNDES e a Caixa Econômica Federal, as fontes externas são essenciais, mesmo com risco de variações cambiais. Santa Catarina se destaca por obter além dos recursos junto ao BID, recursos junto à JICA, a AFD e a KfW. 
Palavras-chave: Saneamento e Oferta de Água; Financiamento de Infraestrutura; Santa Catarina 

 

 

Banks and credit institutions financial system towards the water and sewage sector: the case of Santa Catarina
Abstract:
The state of Santa Catarina (SC), like Brazil, has a high proportion of the population served with treated water. The population growth over the coming years will increase demand for water resources, increasing also the concern with the quantity and quality of water available, given the low rates of collection and treatment of sewage and the great loss of water in the distribution system. In SC, the precarious situation of sanitary sewage is aggravated by the difficulty of carrying out works in small municipalities. With the need for large long-term investments and limited and budgetary resources, the search for financing with banks and national and international credit institutions is strengthened. The present study seeks to investigate the internal and external financing of the sector based on the National Basic Sanitation Law of 2007. It is observed that, despite resources obtained from BNDES and the Federal Savings Bank, external sources are essential, even taking into account high risks of exchange rate variations. Santa Catarina stands out for obtaining resources from the IDB and also JICA, AFD and KfW. 
Keywords: Water Supply and Sanitation; Infrastructure Financing; Santa Catarina 

 

 

180 visualizações   107 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014