Publicações
Clique para ampliar...

RBRH
Revista Brasileira de Recursos Hídricos
Brazilian Journal of Water Resources

ISSN 2318-0331

VOLUME. 20 - Nº. 1 - JAN/MAR - 2015
ARTIGO
Utilização do método Bávaro para avaliação das condições hidromorfológicas de uma bacia experimental no Nordeste Brasileiro
Resumo:
Este trabalho teve como objetivo a avaliação hidromorfológica do riacho Guaraíra, através do método Bávaro. A bacia hidrográfica do riacho está localizada dentro da bacia hidrográfica do Gramame, porção sul do Estado da Paraíba. Para tanto, o riacho foi divido em 47 trechos de 100 metros. Durante o período de levantamento das características do riacho foi possível observar o nível de modificação antrópica ao longo de seu percurso. Esses levantamentos levaram em consideração as dinâmicas do rio e da várzea e com a junção das dinâmicas se obtém o grau de modificação que varia de 1 (inalterado) a 7 (completamente alterado), a partir da utilização do método Bávaro. O riacho Guaraíra possui 81% do seu percurso inalterado, apesar de estar em uma bacia hidrográfica
com 33,63% de sua área modificada pelas culturas da cana de açúcar e do abacaxi. Os 19% de alteração foram devido, a obras de engenharia e, como já citado anteriormente, a cana de açúcar também influenciou nessa alteração do estado natural. Com o método, fica claro que investimentos para restauração de locais antropizados são mais eficazes, devido à divisão do riacho em trechos. Dessa forma, economizam-se recursos financeiros e tempo agindo no cerne dos problemas. 
Palavras-chave: Método Bávaro. Hidromorfologia. Restauração. 

 

 

130 visualizações   77 downloads     Contabilizado a partir de 10/08/2014